FIV - Fertilização In Vitro - Clínica Santa Fértil Belo Horizonte

A Fertilização in Vitro é o procedimento mais avançado e complexo disponível no campo da Medicina Reprodutiva.

Em resumo, inserimos um espermatozoide selecionado em um óvulo maduro para que ocorra a fertilização.

Fertilização in vitro (FIV) é um tratamento indicado para casais que não tiveram sucesso em outros tratamentos de baixa complexidade, ou devido a outros motivos específicos.

O procedimento consiste em promover o encontro dos gametas sexuais (óvulo e espermatozoides) em laboratório e transferir os embriões resultantes desse encontro para o interior do útero.

 

Procedimentos

Utilizando medicações de ultima geração, estimuladores ovarianos produzidos pelas técnicas de DNA recombinante, realizamos o desenvolvimento de folículos ovarianos por um período aproximado de 12 dias.

Quando estes folículos se desenvolvem de maneira adequada, promovemos o amadurecimento dos óvulos e posterior retirada deles através de uma punção ovariana.

O parceiro coleta os espermatozoides por masturbação e, em um laboratório embriológico, realizamos a fertilização do óvulos pela técnica de ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoides).

Após uma rigorosa avaliação da qualidade embrionária, os embriões são transferidos  para o útero nos 2o, 3o ou 5o dias de desenvolvimento.

O teste de gravidez e confirmação do sucesso do tratamento é realizado em duas semanas após a transferência dos embriões.

Quero uma Consulta

Caso você  queira agendar uma consulta na Clínica Santa Fértil para esclarecer e tratar do seu caso, clique aqui.

Fertilização in Vitro – Perguntas frequentes:

Tenho interesse em fazer uma Fertilização In Vitro. O que devo fazer primeiro?

O primeiro passo é agendar uma consulta conosco para que o médico especialista possa analisar o histórico de tentativas e falhas para engravidar e, assim, submeter os pacientes aos exames que o caso exige, a fim de investigar os motivos dessa dificuldade.

O parceiro também é examinado e, geralmente, faz um exame conhecido como espermograma, onde será verificada a presença/ausência e a quantidade de espermatozoides.

Costuma-se realizar, também, a espermocultura, que é usado para avaliar a presença de eventuais agentes que estejam comprometendo a fertilidade masculina.

Após analisar e avaliar os resultados dos exames feitos no casal, o médico especialista em reprodução humana estará apto a indicar o melhor tratamento a ser realizado, que poderá ser o da FIV, o da Inseminação Artificial, entre outros.

Dúvidas? Fale Conosco!

Nome*

E-mail*

Cidade*

Telefone*

Assunto*

Mensagem

Conteúdo Relacionado