• 01 JUN 16
    • 0

    Preservação da Fertilidade em Tempos de Zika

    “Postergar uma gravidez pode ser preocupante para a mulher, já que a fertilidade está diretamente ligada à idade. Nesses casos, o avanço da medicina permite, então, que ela congele seus óvulos através das técnicas de Criopreservação”, afirma o diretor técnico da Clínica Santa.

    Segundo ele, o congelamento de embriões não é um procedimento complexo, uma vez que, no início do tratamento, a mulher é induzida, utilizando hormônios específicos, a desenvolver mais de um óvulo em um mesmo ciclo.

    Após um estímulo ovariano adequado, os óvulos são coletados e fertilizados com espermatozoides previamente selecionados do seu parceiro.

    Uma vez conseguidos esses embriões, eles são armazenados em recipientes com nitrogênio em baixíssima temperatura para que ele seja conservado por tempo indeterminado.

    A maior vantagem da técnica é que, comprovadamente, existe um aumento das taxas de gravidez entre mulheres que passam pelo procedimento.

    Confira a matéria feita com o Dr. Ricardo Leão, da clínica Santa Fértil, para o Portal Medicina e Saúde, onde ele aborda a alternativa da criopreservação de óvulos e embriões para a preservação da fertilidade durante o surto de Zika Vírus que o Brasil está enfrentando.

    Conteúdo Relacionado

    Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Cancel reply

Conteúdo Relacionado